sábado, 24 de novembro de 2007

Cheese Cake com Frutos Silvestres


O bolo do fim de semana é.......Cheese Cake com Frutos Silvestres
Primeiro fiz um doce com frutos sivestres congelados e umas quatro colheres de sopa de açucar (esta parte do doce faço a olho, mas calha sempre bem.). Deixei ferver ate ficar grosso.
Pode usar-se um doce qualquer de compra.


Para o bolo fiz assim.....

Massa:
200 g de farinha
100 g de margarina
30 g de açúcar
1 ovo
raspa de limão

Misturei todos os ingredientes ( como a massa para tarte) até ficaruma massa bem homogénea e deixei repousar 30 min no frigorifico.

Para o creme:
50 g de farinha
500 g de queijo mascapone, quark ou ricota
250 g de açucar
5 ovos
2 gemas
raspa de limão
Bati bem o queijo ate ficar bem cremoso, e depois sem deixar de bater juntei o açúcar. Bati mais um pouco ( este bolo não é muito esquisito....mesmo que não se bata muito sai sempre bem) e juntei os ovos, as gemas, a raspa de limão e a farinha. Bati mais uns 7 minutos e já está.
Com a massa, forrei o fundo de uma forma de abrir untada ( a forma é igual à da foto em baixo.)

Deitei o creme e foi ao forno. 10 minutos a 200ºc e depois 30 minutos a 160ºc.
Depois de cozido, convem deixar arrefecer antes de desenformar.
Cobri com o doce de frutos silvestres e já está.

Delicioso para um lanche acompanhado com um chá bem quentinho.

6 comentários:

Natural Naturalmente disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Natural Naturalmente disse...

Eu adoro CheeseCake, até tenho postado a minha receita, mas uso sempre frutos congelados, adorei a ideia do doce caseiro.
Um beijinho
Natural Naturalmente - Márcia
http://medicinasnaturais.blogspot.com/
http://comernaturalmente.blogspot.com/

Filipa disse...

Que blog delicioso. Já a adicionei para a poder visitar muitas vezes:-)

Laurinha disse...

Cheesecake!!! Delicioso, adoro!
com coberturas diversas!
Ficou lindo o seu!
Beijinhos,

sophia disse...

também adoro cheesecake, tenho de experimentar :)

Lídia disse...

Olá Ana,
Adorei a tua visita e o teu blogue. Voltarei sempre! Aquela receita também pode ser feita com quiabos frescos. Beijos